Carrinho

A realização de diferentes tipos de exercício físico atenua diferencialmente os efeitos genéticos nas medidas de obesidade: Segundo evidência de 18.424 participantes do Biobank de Taiwan.

 

A obesidade é um problema de saúde mundial que está intimamente ligado a muitos distúrbios metabólicos. O exercício físico regular atenua a predisposição genética para a obesidade. No entanto, permanece desconhecido quais tipos de exercícios podem modificar tais riscos genéticos. Este estudo incluiu 18.424 adultos chineses Han com idades entre 30 e 70 anos que participaram do Taiwan Biobank (TWB). Um total de 5 medidas de obesidade foram investigadas, incluindo índice de massa corporal (IMC), percentual de gordura corporal (PBF), circunferência da cintura (CC), circunferência do quadril (HC) e relação cintura-quadril (RCQ). Como não houve grandes estudos de associação genômica ampla sobre a obesidade para chineses de etnia han, foi utilizado os pesos internos de TWB para construir escores de risco genético (GRSs) para cada medida de obesidade e, em seguida, foi testado a significância das interações GRS por exercício. O nível de significância ao longo deste trabalho foi estabelecido em 0,05 / 550 = 9,1×10-5, pois foram realizados 550 testes.

Foi encontrada que a realização de exercícios regulares é capaz de atenuar os efeitos genéticos em quatro medidas de obesidade, incluindo IMC, PBF, CC e CC. Entre os 18 tipos de exercício regular auto-relatado, 6 atenuaram os efeitos genéticos em pelo menos uma medida de obesidade. Corridas regulares embotaram os efeitos genéticos sobre o IMC, o PBF e o HC. Alpinismo, caminhada, caminhada, dança e uma prática mais longa de ioga também atenuaram os efeitos genéticos sobre o IMC. Exercícios como ciclismo, exercícios de alongamento e natação demonstraram não modificar os efeitos genéticos em qualquer medida de obesidade. Em todas as 5 medidas de obesidade, a corrida regular consistentemente apresentou as interações mais significativas com GRSs.

Essas descobertas mostram que os efeitos genéticos nas medidas de obesidade podem ser diminuídos em vários níveis, realizando diferentes tipos de exercício. Os benefícios do exercício físico regular são mais impactantes em indivíduos mais predispostos à obesidade.

 

https://journals.plos.org/plosgenetics/article?id=10.1371/journal.pgen.1008277

 

 

Leave a Reply

X
Desenvolvido por: